Página Inicial / Caso de Polícia / 7 bandidos são mortos nesta madrugada pela Polícia Civil no Norte de Minas

7 bandidos são mortos nesta madrugada pela Polícia Civil no Norte de Minas

SETE BANDIDOS, COMPONENTES DE QUADRILHA QUE EXPLODIAM CAIXAS ELETRÔNICOS, MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA CIVIL EM MG

Policiais civis prepararam uma ação surpresa, vindo a monitorar o bando que iria atacar o Banco do Brasil de Mato Verde/MG. No confronto, 7 bandidos morreram e um ficou ferido.

A Polícia Civil de MG, após três dias de intensas investigações, sobe o comando do Chefe da 11 Departamento da Policia Civil e o Delegado Herivelton Ruas Santana, com cerca de outros 40 policiais civis, impediram a ação de uma quadrilha especializada em explosão a caixa eletrônico na cidade de Mato Verde, nesta madrugada,02.

Sete homens fortemente armados com metralhadoras, foram mortos em uma troca de tiros com a Polícia Civil ao tentarem assaltar uma agência do Banco do Brasil com o uso de explosivos, em Mato Verde, no Norte de Minas, na madrugada desta quinta-feira,2. O  bando era  formado por oito indivíduos e foi surpreendido pelos policiais civis ao chegar em frente a agência bancária.
Na ação devido a reação violenta da quadrilha 07 membros da quadrilha foram mortos e um ferido.
Provavelmente, esta quadrilha é a mesma que explodiu a agencia dos correios e o banco Bradesco, na cidade de Montesuma, na noite do dia ontem.01.

Conforme o delegado Renato Nunes Henriques, chefe do 11º departamento da Polícia Civil de Montes Claros,  que comandou a operação, a quadrilha é de São Paulo e responsável por ataques recentes a agências bancárias em outras cidades do Norte de Minas, como Monte Azul e São João do Paraíso. O bando vinha sendo monitorado pela Polícia Civil, que descobriu a intenção dos bandidos em realizar um novo ataque ao Banco do Brasil de Mato Verde e preparou uma ação surpresa.

Como estratégia, os policiais ocuparam quartos em um hotel que fica em frente à agência bancária, onde ficaram posicionados atiradores de elite. A polícia também ocupou uma escola que fica na mesma rua do banco. A ação envolveu cerca de 40 homens da Polícia Civil.

Os policiais se posicionaram nas janelas do hotel e do prédio da escola e se protegeram atrás das paredes. Assim, nenhum  deles ficou ferido. Os oito bandidos foram alvejados e sete deles morreram. O único que sobreviveu foi um homem  identificado como Wellington Goulart de Aguiar, que seria o líder da quadrilha. Ele levou três tiros nas pernas e em um bos braços. Foi socorrido e está em hospital da região, sob escolta policial.  O Norte de Minas é uma das partes do estado que mais sofre com ataques a bancos, por estas quadrilhas.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Três cidades de Minas e mais 17 de outros estados terão eleições neste domingo

Vencedores ficarão no cargo pelos próximos sete meses. O Estado de Tocantins irá escolher novo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *