Página Inicial / GERAESTV / Andrea Neves, deixa penitenciária com tornozeleira eletrônica

Andrea Neves, deixa penitenciária com tornozeleira eletrônica

Momento em que Andrea Neves é presa e levada para a Polícia Federal para prestar depoimento.

 

A irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB), Andrea Neves, deixou a penitenciária no início da madrugada desta quinta-feira (22). Ela já saiu da unidade prisional com a tornozeleira eletrônica.

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), o alvará de soltura foi recebido no Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, na região leste de Belo Horizonte, por volta de meia-noite.

Uma equipe da Unidade Gestora de Monitoramento Eletrônica (UGME) foi chamada para colocar a tornozeleira eletrônica em Andrea. Logo depois, ela seguiu para a prisão domiciliar.

 

Como foi a prisão

Na semana passada,quarta(17), foi revelado pelo jornal “O Globo” que Joesley Batista, dono da empresa JBS, , gravou declarações comprometedoras do presidente Michel Temer (PMDB) e do senador Aécio Neves (PSDB) durante conversas informais. Joesley, que já possui um acordo de delação premiada com a Justiça Federal, levou as gravações ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que fossem homologadas.

Nas conversas, o presidente Temer teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. Já Aécio Neves pediu R$ 2 milhões para ajudar a pagar suas despesas com a defesa na operação Lava Jato.

Diante disso, foi deflagrada, na manhã de quinta-feira(18), a operação Patmos, que prendeu a irmã do senador, Andrea Neves, e outras duas pessoas após serem expedidos mandados de prisão preventiva pelo ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator dos processos ligados à operação Lava Jato. A irmã de Aécio, segundo as investigações, teria intermediado o contato entre Aécio e o empresário Joesley Batista.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

ESTELIONATÁRIOS PRESOS – Casal de Divinópolis são presos em SC acusados de dar prejuízo de 60 milhões de reais

A Polícia Civil de Santa Catarina em conjunto com policiais divinopolitanos, realizou na tarde de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *