Página Inicial / Caso de Polícia / Antônio Andrade, vice governador de Minas é preso pela PF

Antônio Andrade, vice governador de Minas é preso pela PF

Um dos alvos da operação Lava Jato, o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB), foi preso em uma fazenda de Vazante, no Triângulo Mineiro, na manhã desta sexta-feira (9).

A informação é a de que a prisão seria um resultado de mais uma fase da operação Lava Jato, deflagrada em pelo menos quatro estados.

Chamada “Capitu”, uma provável alusão à trama de traição de Machado de Assis, a investigação gira em torno de um esquema de corrupção que teria acontecido em 2013, quando o vice-governador era ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff (PT).

Com 26 mandados sendo cumpridos somente em Belo Horizonte, a Polícia Federal está nas ruas da capital e, segundo informações extra-oficiais, também estariam na mira da corporação deputados estaduais de Minas Gerais.

Ilustração da Receita Federal mostra como funcionava o esquema envolvendo políticos mineiros

Ao todo, segundo a Polícia Federal, 62 mandados de busca e apreensão são cumpridos em diversos estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso e Paraíba. A base da operação seria a delação de um dos operadores do MDB, Lúcio Bolonha Funaro, que foi preso em 2016 pela Lava Jato. Ele e o ex-governador estariam envolvidos em um esquema de corrupção firmado com a empresa JBS.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

CNJ lança Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou hoje (15) o Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento. A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *