segunda-feira ,11 dezembro 2017
Página Inicial / Cidade / CAOS NA SAÚDE PÚBLICA DE SETE LAGOAS – INSG bloqueia internações via SUS por falta de recursos do Estado

CAOS NA SAÚDE PÚBLICA DE SETE LAGOAS – INSG bloqueia internações via SUS por falta de recursos do Estado

O governo de Minas deixou de repassar cerca de R$600 mil reais ao Hospital Nossa Senhora das Graças. A suspensão das internações agrava ainda mais a saúde precária em Sete Lagoas, deixando centenas de pacientes a quem recorrer, agravando a saúde de quem necessita de atendimento.

 

Com a suspensão das internações, diversos pacientes deixarão de ser atendidos pelo hospital durante 3 dias por falta de recursos do Governo do Estado de Minas.

 

Passando por uma crise nunca antes vista como agora, o Hospital Irmandade Nossa Senhora das Graças , enfrenta uma gravíssima falta de recursos para atender a população que necessita dos serviços de internação e cirurgias pelo SUS.

Devido ao atraso de repasses do PRÓ-HOSP pelo Governo do Estado, no valor de R$600 mil, o Hospital Nossa Senhora das Graças suspendeu temporariamente o atendimento através do Sistema Único de Saúde- SUS.

Através do ofício 0435/2017 de 10 de novembro, a direção da Irmandade Nossa Senhora das Graças comunicou a suspensão por um período de três dias, ou seja até o dia 13/11. Foram comunicados o Ministério Público e a Secretaria Municipal de Saúde, gestora do SUS no município.

De acordo com o diretor geral do hospital, Cleber Amorim, esta decisão aconteceu para garantir a segurança das internações e urgências e espera-se que a situação seja normalizada na próxima semana.

A direção da Irmandade ressalta que o atraso é do Estado e não do Município.

 

NOTA DIVULGADA PELO HOSPITAL

“Devida às dificuldades financeiras da Irmandade Nossa Senhora das Graças em prover insumos necessários para prestar assistência ao paciente, definiu-se que será realizado o bloqueio de transferência de internações clínicas SUS via SUS FÁCIL na data de 10 /11/2017 até 13/11/2017”

Ofício do INSG comunicando a suspensão das internações por 3 dias

Sobre admin

Você pode Gostar de:

“NÃO VAMOS PAGAR PEDÁGIO” – Moradores de Pedro Leopoldo e região se revoltam em audiência pública sobre concessão da MG-424

  Moradores de Pedro Leopoldo protestaram durante a audiência pública, contra o pagamento de pedágio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *