Página Inicial / Cidade / Centro Cultural Nacional Teatro Preqaria tem três espetáculos no fim de semana

Centro Cultural Nacional Teatro Preqaria tem três espetáculos no fim de semana

O mais novo espaço cultural de Sete Lagoas, o Centro Cultural Nacional Teatro Preqaria (rua Aleixo Lanza, 41, bairro Canaan), tem agenda cheia no próximo fim de semana. Dentro de sua programação de estreia, o local recebe o premiado espetáculo infantil “A Princesa Gaia”, da própria Preqaria Cia de Teatro, no sábado (1) e no domingo (2), ambas sessões às 16h.
Ainda no sábado, às 20h, o centro cultural abre espaço para a adaptação do clássico “Primo Brasílio”, do Grupo Drama de Teatro, também de Sete Lagoas. Já no domingo, também às 20h, a 5ª Temporada de Teatro de Sete Lagoas desembarga no novo espaço com “Danação”, do aclamado Grupo Galpão, de Belo Horizonte. Todos os espetáculos têm ingressos de 1º lote a apenas R$10 a inteira e R$5 a meia entrada. O 2º lote sai por R$20 a inteira e R$10 a meia entrada. Informações: (31) 98894-4243. Confira as sinopses:
01 e 02/09, 16h: A Princesa Gaia (Preqaria Cia de Teatro)
“A Princesa Gaia” conta a estória da Terra quando ela era ainda uma jovem princesa que, de tanto insistir, ganha a permissão de seu pai, o grande Rei Sol para casar-se. Não satisfeita com os pretendentes indicados por ele, a princesa foge para um local desconhecido, o nada, onde se encontra com o primeiro homem e… se apaixona! O casamento acontece, mas a relação é instável. Um espetáculo divertido que deixa uma importante mensagem sobre a relação do homem com o planeta Terra. Direção de João Valadares.
01/09, 20h: Primo Basílio (Grupo Drama)
Resgate do romance clássico de Eça de Queiroz que retrata a família burguesa urbana do século XIX com críticas sociais à exploração da sexualidade/adultério, como também tendência à construção de personagens marcadas pela baixeza de caráter, além de referências pouco lisonjeiras à moral, aos costumes e a religião. Em uma trama envolvente, Luísa trai o marido Jorge com o seu primo Basílio. Juliana, a empregada, descobre o adultério e ameaça contar para Jorge se uma boa quantia em dinheiro não fosse paga a ela.
02/09, 20h: Danação (Grupo Galpão)
Solo de Eduardo Moreira. Direção: Marcelo Castro e Mariana Maioline. Texto: Raysner de Paula. “Danação” traz à cena um homem que, diante da plateia, narra memórias do tempo vivido por ele dentro do coração de uma mulher, depois de despencar naquele lugar, onde conviveu com uma menina, que se escondia da morte. No entanto, nada parece estar evidenciado na memória do homem, empenhado no exercício de lembrar e inventar formas de contar essa história.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Com a saída de Lacerda, Adalclever será o candidato ao governo de MG 

O presidente da Assembleia confirmou  nesta quinta a participação na disputa do Governo de Minas.  …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *