segunda-feira ,19 fevereiro 2018
Página Inicial / Cidade / Confirmadas 61 mortes do maior surto de febre amarela em Minas Gerais

Confirmadas 61 mortes do maior surto de febre amarela em Minas Gerais

 

O surto de febre amarela em Minas Gerais já é mais letal que o da temporada 2016/2017, até então considerado o pior já registrado pelo Ministério da Saúde. Dados divulgados ontem pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) mostram que já são 61 mortes em decorrência da virose em seu tipo silvestre e 164 casos confirmados – praticamente 50% deles na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A taxa de letalidade também é maior que a do mesmo período da temporada passada, quando, em 6 de fevereiro, o estado divulgou que 59 pessoas haviam perdido a vida. Na época, eram 167 diagnósticos confirmados. A preocupação maior na atual temporada é com o Sul e o Nordeste do estado, onde há municípios com baixa taxa de vacinação.

O período 2016/2017 terminou em junho do ano passado com números alarmantes. Foram 475 casos confirmados e um total de 162 mortes. Em 6 de fevereiro do ano passado, 852 notificações da febre amarela já tinham sido registradas. Além dos 59 óbitos confirmados, o estado investigava outros 138. Os dados divulgados na terça(6) pela SES mostram que a taxa de letalidade está ligeiramente maior em 2018, atingindo 37,2%. No período anterior, nesta mesma data, era de 35,3%. O índice de infectados que morreram já foi maior no começo deste ano, chegando quase a 80%.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) negou que a letalidade está maior na temporada 2017/2018. Informou que a resposta ao processo de confirmação laboratorial neste ano está mais rápida. Com isso, os casos são confirmados ou descartados com maior celeridade.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Pré-candidato ao governo de Minas, Marcio Lacerda visitou a cidade de Pedro Leopoldo

O ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato ao Governo de Minas, Marcio Lacerda, visitou na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *