segunda-feira ,11 dezembro 2017
Página Inicial / Cidade / Doze municípios da região passam a fazer parte do novo Mapa do Turismo Brasileiro

Doze municípios da região passam a fazer parte do novo Mapa do Turismo Brasileiro

Foram encerradas no início do mês as inscrições para a inclusão de 12 municípios da região das Grutas na nova versão do Mapa do Turismo Brasileiro, válida para o biênio 2018/2019. O Mapa é um instrumento criado pelo Ministério do Turismo para destacar municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e nortear a definição de políticas públicas para o setor.
    
O trabalho de inclusão de municípios da região foi realizado pelo Circuito das Grutas. “Trata-se de um incentivo para que as microrregiões se associem e se auto-desenvolvam, além de facilitar a participação em licitações, editais e programas dos governos Federal e Estadual relacionados ao Turismo”, explica a presidente do Circuito das Grutas, Adriana Ferreira.
Mas não basta apenas a inscrição. De acordo com Adriana, é preciso que o município tenha um Conselho, Diretoria ou Secretaria dedicada ao Turismo, incluindo orçamento municipal para o setor e fazer parte de um circuito turístico. “Somente esses municípios poderão participar dos programas governamentais recebendo verbas como o ICMS Turístico”, aponta Adriana. Para a atualização do Mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todos os estados do país em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais de Turismo.
O Circuito das Grutas vem, nos últimos anos, realizando esse trabalho de inclusão de municípios no Mapa que passaram de sete (Caetanópolis, Cordisburgo, Jequitibá, Lagoa Santa, Paraopeba, Pedro Leopoldo e Sete Lagoas) na atual versão do Mapa, para 12 este ano. Passam, portanto, a fazer parte também os municípios de Inhaúma, Funilândia, Capim Branco, Vespasiano e Baldim. Para isso, foram realizadas três reuniões microrregionais como estratégia de nivelamento de informações sobre as políticas de regionalização do setor. Os municípios aguardam agora a validação para confirmar se todos atenderam aos critérios do Ministério do Turismo.
 
Boa prática
O Tribunal de Contas da União e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento de gestão para orientar no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

“NÃO VAMOS PAGAR PEDÁGIO” – Moradores de Pedro Leopoldo e região se revoltam em audiência pública sobre concessão da MG-424

  Moradores de Pedro Leopoldo protestaram durante a audiência pública, contra o pagamento de pedágio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *