segunda-feira ,11 dezembro 2017
Página Inicial / Caso de Polícia / Foragido é preso em perseguição policial em Sete Lagoas

Foragido é preso em perseguição policial em Sete Lagoas

Uma perseguição policial, na noite do sábado em Sete Lagoas, Região Central de Minas Gerais, a 70 quilômetros da capital, chamou atenção das pessoas que circulavam pelas ruas da cidade, principalmente perto da área do shopping, onde teve início o cerco. Ao volante de um Fox de cor preta, estava o foragido da Justiça Ramon Alves Saldanha, de 27 anos, vulgo “trutão” ou “mona”, apontado como um dos chefes mineiros de uma facção criminosas paulista.

De acordo com militares da 27ª Companhia de Sete Lagoas, do 25º Batalhão da PM, levantamentos apontam que o criminoso, que já havia sido preso na cidade em 2013, estava de volta e foi visto circulando pelo Bairro Luxemburgo.

Há quatro anos, Ramon tentou se esconder no município, depois que o braço da facção criminosa que ele comandava em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, foi desarticulado em uma grande operação policial. Ele era o homem de confiança dos bandidos paulistas para distribuir droga em Minas e estados do Nordeste do Brasil.

Ao perceber que era monitorado pelos militares de Sete Lagoas, nas proximidades da rotatória do shopping, o criminoso saiu em fuga, atingindo outros veículos. Equipes da PM foram na sequência, pela Avenida Prefeito Alberto Moura. Ramon atirou contra os militares, em pontos de bloqueios. No Bairro São Francisco, ainda na mesma via, no cruzamento com Avenida Dalton, o bandido perdeu o controle do Fox e capotou.

Rapidamente os policiais o cercaram e, ferido, ele não teve como reagir e seguir em fuga a pé. No veículo foi apreendido um revólver calibre 38 com sete munições, sendo três cartuchos deflagrados. Ramon usava uma carteira de identidade falsa em nome de Alan da Silva Costa. Mas logo foi levantada sua ficha, com passagens por homicídio, tráfico de drogas e receptação.

O veículo era clonado, com placa e identificação de chassis de um outro carro. Havia pelo menos dois mandados de prisão em aberto contra o criminoso, que mantinha bases da facção paulista no Bairro Califórnia, Noroeste de BH, e Sete Lagoas. Depois de medicado em hospital local, foi levado para o plantão da Polícia Civil e está preso à disposição da Justiça.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

“NÃO VAMOS PAGAR PEDÁGIO” – Moradores de Pedro Leopoldo e região se revoltam em audiência pública sobre concessão da MG-424

  Moradores de Pedro Leopoldo protestaram durante a audiência pública, contra o pagamento de pedágio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *