segunda-feira ,28 setembro 2020
Ultimas Noticias
Página Inicial / GERAESTV / Greve hoje em todo o país contra a Reforma da Previdência e desemprego

Greve hoje em todo o país contra a Reforma da Previdência e desemprego

As principais centrais sindicais convocaram para esta sexta-feira uma greve geral em todo o país contra a reforma da Previdência.

A maioria das capitais amanheceram hoje sem metrô, sem aulas nas escolas e com paralisação em diversos outros serviços para a população, mas os ônibus estão rodando normalmente. Escolas municipais e estaduais não terão aulas. Na rede particular, a decisão é de cada instituição.

Além das paralisações de setores organizados de trabalhadores, como motoristas, condutores de trens, metalúrgicos, professores e bancários, os movimentos sociais também preparam manifestações e fechamento de vias para esta sexta-feira de greve geral contra a reforma da previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). Mas mesmo quem não está integrado às mobilizações sindicais ou em movimentos sociais pode contribuir com a greve geral. “As pessoas pode parar o comércio e os serviços de seu bairro, simplesmente não saindo de casa. Não marcando nenhum compromisso, não fazendo compras. Parece algo banal, mas a paralisação é fortalecida pelo ‘fique em casa'”, explicou o coordenador da Frente Brasil Popular (FBP) e da Central de Movimentos Populares (CMP) Raimundo Bonfim.

Apesar de determinação do TRT para que o metrô de BH opere em escala mínima nos horários de pico, sob pena de multa de R$ 200 mil, os trens não estão circulando nesta manhã. Já os ônibus irão rodar normalmente.

Os serviços de urgência e emergência nas UPAs e no Hospital Odilon Behrens vão funcionar com a escala mínima de 30%. Já os centros de saúde, segundo o sindicato, não devem abrir as portas. Escala mínima também nos serviços de saúde da rede FHEMIG, na Hemominas e na Funed. O Sindicato dos Bancários de BH e Região confirmou adesão à greve.

Além da paralisação, está marcada uma manifestação nesta manhã na Praça Afonso Arinos, com concentração a partir das 10 da manhã e previsão de deslocamento, a partir de 11 horas rumo à Praça da Estação.

Os manifestantes também cobram mais empregos e o fim do contingenciamento de gastos em universidades.

São Paulo

Em São Paulo, a grande dúvida era sobre a adesão das categorias ligadas ao setor de transporte, já que são elas que, efetivamente, determinam o sucesso ou não de uma greve geral.

Inicialmente, os sindicatos dos funcionários do Metrô, da CPTM (trens metropolitanos) e ônibus anunciaram adesão total à paralisação. Mas decisões judiciais determinaram que os serviços deveriam continuar sendo oferecidos. Segundo a Secretaria de Transportes Metropolitanos (SMT), a Justiça determinou que o Metrô mantenha 100% do quadro de funcionários nos horários de pico e 80% no restante do dia e, na CPTM, 100% do quadro de servidores em todo o horário de operação.

A São Paulo Transportes (SPTrans, que cuida dos ônibus) também conseguiu uma decisão judicial que determina a manutenção do serviço. Em nota, afirmou que houve determinação para “que se mantenha o serviço, em especial nos horários de pico entre 5 horas e 9 horas e entre 17 horas e 20 horas, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia, no caso de descumprimento”. A liminar, porém, não especifica a porcentagem da frota que deve funcionar nos horários de maior circulação.

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de São Paulo decidiu em assembleia no início da noite de ontem aderir somente no início da manhã à greve geral. Os ferroviários desistiram da paralisação.

Nas escolas, os sindicatos dos professores das redes de ensino municipal, estadual e particular decidiram aderir ao movimento. Ao menos 33 colégios particulares de São Paulo devem ter as atividades suspensas ou interrompidas parcialmente nesta sexta-feira. Segundo o Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP), entre os colégios que aprovaram a greve estão o Equipe, Oswald de Andrade, Notre Dame, Escola da Vila, São Domingos, Vera Cruz e Santa Cruz. Em alguns deles, as atividades só serão suspensas em um período ou para alguma etapa de ensino.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Com recursos da União e nova licitação, ETE de Sete Lagoas deverá ser concluída até abril de 2022

O contrato de 70 Milhões foi assinado em Junho de 2014, entre o prefeito Márcio …

8 Comentarios

  1. My brother recommended I might like this web site.
    He was entirely right. This post truly made my day. You can not imagine just how much
    time I had spent for this info! Thanks!

  2. WOW just what I was looking for. Came here by searching for black
    mass

  3. Hi to all, the contents present at this site are in fact amazing
    for people knowledge, well, keep up the nice work fellows.

  1. Para Trás: w88

  2. Para Trás: http://droga5.net/

  3. Para Trás: Buy Weed Online

  4. Para Trás: kid

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =