Página Inicial / Cidade / Ovos de Páscoa estão menores e mais caros este ano

Ovos de Páscoa estão menores e mais caros este ano

Preço do chocolate sobe 12,61% e encarece ovo de Páscoa.

Preço médio dos ovos de páscoa nas gôndolas dos supermercados ficaram 15,39% mais caros este ano.

 

Que os ovos de Páscoa ficariam mais caros este ano, todo nós sabíamos.  O que não esperávamos é que alguns estão, além de mais caros, bem menores. Segundo uma pesquisa do site Mercado Mineiro divulgada na segunda-feira,3, revela que o ovo Gran Ferrero Rocher, que no ano passado pesava 390g, agora tem 354g, ou seja 10% menos chocolate. Ainda assim, está 15,39% mais caro: seu preço médio nas lojas passou de R$ 67,62 para R$ 78,03. Outros três ovos da mesma fabricante tiveram peso reduzido. Ainda assim, todos estão, segundo o serviço de comparação de preços, mais caros. O menor reajuste foi de 12%.

Comparando os preços médios da pesquisa de 2016 com 2017, dá para ver que muitos subiram acima da inflação. O Ovo Diamante Negro de 215g, que custava em média R$ 27,86, subiu para R$ 34,18 (22,67%). Já o ovo Princesas, de 150g, que custava em média R$ 42,99, passou para R$ 50,58, aumento de 17,64%.

 

Consumidora escolhe os ovos de páscoa , que este ano estão bem menores e mais caros.

 

Os mineiros vão gastar no máximo R$100,00

 Quase metade (48,8%) dos consumidores pretendem presentear na Páscoa, segundo a Fecomércio MG. Para 76,6% dos entrevistados, os presentes não passarão dos R$ 100. Outro indicador mostra que 48,2% pretendem gastar menos que em 2016.

Os aumentos dos preços de chocolate ocorrem mesmo com a desaceleração da inflação, que acumula 4,57% de alta nos últimos 12 meses.

Os preços elevados devem segurar a venda dos ovos de Páscoa, que devem ter um aumento significativo. O consumidor ainda está cauteloso com os gastos e deve considerar que o valor do quilo do chocolate dos ovos costuma superar os de uma mesma quantidade de chocolate em barra, estima a Fecomercio.

“A Federação acredita que a Páscoa tende a gerar pouco efeito para as vendas do comércio, muito embora a estimativa seja de um incremento na mão de obra temporária de cerca de 2 mil trabalhadores para o varejo, muito por conta que os empresários estão recompondo paulatinamente seus quadros de funcionários”, disse a entidade, em comunicado.

Ceia Amarga

Além do chocolate, outros itens comuns na mesa do brasileiro na ceia de Páscoa ficaram mais caros. A pesquisa ainda aponta alta de preços na cerveja (11,16%) e nos ovos de galinha (6,27%). Por outro lado, cebola e a batata inglesa, por exemplo, que foram as vilãs da ceia em 2015, com aumento de 60% e 34%, respectivamente, nos preços, exibiram quedas de 51% e 42% neste ano.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Espetáculo sete-lagoano estreia no Palácio das Artes, em BH

O espetáculo “As Alegres Comadres de Windsor”, comédia de William Shakespeare, da companhia sete-lagoana de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *