segunda-feira ,28 setembro 2020
Ultimas Noticias
Página Inicial / GERAESTV / Pacientes com câncer denunciam a falta de medicamentos não fornecidos pelo governo de Minas

Pacientes com câncer denunciam a falta de medicamentos não fornecidos pelo governo de Minas

É dramática a situação dos pacientes de câncer que precisam de medicamentos de alto custo, e que atualmente não são fornecidos pelo governo mineiro.

O Governo de Minas não está repassando os medicamentos para os pacientes que fazem tratamento contra o câncer em Minas Gerais, de acordo com relato de fsmiliares dos pacientes e da associação dos amigos e usuarios de medicamentos que denunciam a falta de remédios. Quem está em tratamento de câncer pelo Ipsemg (Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais), por exemplo, não tem conseguido os remédios para a quimioterapia.

A mãe de um paciente em tratamento contra um linfoma de Hodgkin comprometido explica que ele precisa do medicamento Nivolumabe, que não foi disponibilizado, além de 16 doses do Brentuximab, mas só conseguiu nove. “Se ele não tomar o Nivolumabe, não vai para o transplante. Ele precisa de quatro sessões para o transplante e nós estamos na terceira”, relata Eunice. “Eu fico perplexa de como o governo trata a saúde”, desabafa.

O presidente da Assaumex (Associação de Amigos e Usuários de Medicamentos Excepcionais), Antonio Alves da Silva, afirma que há descaso do governo. “O que eu vejo de pacientes que está morrendo por falta de medicamento e o poder público não os repassa. Isso é direito, não é favor. Estamos com 28 liminares de medicamentos para serem repassados e a secretaria do estado fala que não tem o medicamento.”

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde informa que a atual gestão constatou um cenário de grave de desabastecimento de medicamentos, sendo que grande parte está relacionada à pendência financeira do estado junto aos fornecedores, cuja dívida foi deixada pelo governo anterior. Conforme a pasta, são feitas ações prioritárias para a regularização dos pagamentos para os fornecedores para regularizar os estoques.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Com recursos da União e nova licitação, ETE de Sete Lagoas deverá ser concluída até abril de 2022

O contrato de 70 Milhões foi assinado em Junho de 2014, entre o prefeito Márcio …

2 Comentarios

  1. Para Trás: pinewswire

  2. Para Trás: bitcoin blazing trader

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =