Página Inicial / Caso de Polícia / PM prende quadrilha que assaltava ônibus intermunicipais na região de Sete Lagoas

PM prende quadrilha que assaltava ônibus intermunicipais na região de Sete Lagoas

 

Três rapazes, sendo eles um adolescente, foram presos pela Polícia Militar, cumprindo mandado de busca e apreensão na manhã da quarta-feira, 14, no bairro Barreiro, acusados de assaltarem diversos ônibus intermunicipais de cidades da região. Numa casa com o suspeito T.E.S.S, de 20 anos e A.E.N.S, 23 anos, foram encontrados oito celulares, dezenas de baterias de celular, drogas e vestuário usado para realizar os roubos, além de um canivete. No local também se encontrava um menor de 16 anos, que foi apreendido.

 

Lá, os homens contaram aos PMs que haviam mais duas pessoas que participavam das ações, fazendo o transporte e o aluguel de armas. Em diligências nos locais indicados pelos suspeitos, os policiais não encontraram estes indivíduos. É possível que estas pessoas formem uma associação criminosa que realizavam estes assaltos aos ônibus.

 

Vereadores, lideranças dos municípios e Polícia Militar se reúnem para combate à prática destes delitos nas linhas de ônibus

A reunião entre a PM e lideranças locais discutiram o combate à este tipo de roubo

 

O mandado que resultou em busca e apreensão dos marginais, é um dos resultados da reunião entre vereadores de cidades de Cachoeira da Prata, Inhaúma e Fortuna de Minas com as Polícias Militares na segunda-feira, 14, sobre os assaltos à linhas de ônibus intermunicipais. No encontro, os representantes destes municípios  reforçaram o alerta para a quantidade que estes delitos eram praticados, enquanto a PM se prontificou a reforçar o combate destes roubos.

Estavam presentes na reunião, vereadores das três cidades, o prefeito de Fortuna de Minas, Patrick Diniz com os representantes do 25º Batalhão de Sete Lagoas da Polícia Militar, que é responsável pelo comando do policiamento na região, representantes da Polícia Rodoviária Estadual, e sociedade civil.
O último assalto ocorreu na manhã da quarta-feira, 16 e os relatos dão conta que os assaltos foram feitas pelo mesmo grupo de marginais, já que as ações dos bandidos são bem parecidas. Segundo o vereador de Cachoeira da Prata Maurílio de Melo, esta foi a primeira de várias reuniões para alertar a Polícia Militar e empresas de ônibus sobre os assaltos. “É uma forma de alertar a polícia e as empresas de ônibus para o problema”, comenta.
Na reunião, foi sugerido pela população dispositivos nos ônibus como um “botão de pânico”, que avisa diretamente à Polícia Militar se algum tipo de problema está ocorrendo. Também foi sugerido a criação de panfletos informativos para ser entregue aos usuários do transporte coletivo, sobre como proceder com a segurança de objetos de valor. A Polícia Militar fará operações em conjunto com a inteligência da corporação para evitar as ações dos bandidos.
Segundo a gerência do Setelagoano, a empresa está sempre em contato com as autoridades sobre as ações dos assaltantes, fornecendo imagens para o reconhecimento dos bandidos. A empresa já está com planos de instalar “botões do pânico” nos ônibus intermunicipais e no dia 31 deste mês ele entrará em operação.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

MP apontou 22 irregularidades nas contas do Governo de Pimentel em 2017

O Ministério Público de Contas de Minas Gerais apontou 22 irregularidades no balanço de contas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *