Página Inicial / Caso de Polícia / Polícia do Meio Ambiente e IMA, apreendem 35 toneladas de queijo podre

Polícia do Meio Ambiente e IMA, apreendem 35 toneladas de queijo podre

35 toneladas de queijo pobre foram encontrados pela Polícia Ambiental em fazenda de Riachinho/MG

 

Uma enorme quantidade de queijo, pronto para ser vendido, foi apreendida pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), em Riachinho, na região Noroeste de Minas. Funcionários do IMA juntamente com a Polícia Militar do Meio Ambiente começaram as buscas na segunda-feira (3) e, na quinta-feira (6),  e as 35 toneladas foram despejadas no aterro sanitário da cidade.

O que chamou a atenção dos policiais foi a forma como os alimentos eram armazenados – expostos ao sol e no meio do mato.

 

Os queijos foram encontrados dentro de caixas d’água, em uma fazenda, localizada no sul da cidade. De acordo com o IMA, grande parte do material estava completamente podre. Os funcionários da fazenda disseram aos militares que o queijo era comprado de pequenos produtores para serem revendidos em cidades como Unaí, também no Sudeste de Minas, e em Brasília (DF).

Todo o queijo apreendido nesta operação foi descartado, sem a mínima chance de ser comercializado, de acordo com funcionários do IMA.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Espetáculo performático aborda cultura afro-brasileira na Temporada de Teatro

  Dentro da temática da diversidade, a 5ª Temporada de Teatro de Sete Lagoas aborda …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *