Página Inicial / Cidade / Servidores do sistema prisional de Sete Lagoas entram em greve

Servidores do sistema prisional de Sete Lagoas entram em greve

Desde ontem (26) servidores da área técnico administrativa do sistema prisional de Minas Gerais estão protestando à favor da greve.Em Sete Lagoas, houve protesto no CEIP, e grande adesão dos trabalhadores com  havendo mobilização no Centro Socioeducativo Municipal em frente a portaria do Centro de Internação Provisória.

Servidores públicos do sistema prisional de Sete Lagoas fizeram mobilização na porta do CEIP na tarde desta terça(27).

 

Os servidores da área são diferentes dos agentes penitenciários e socioeducativos, que cuidam apenas da parte de segurança das unidades prisionais. Os trabalhadores técnicos da área prisional e socioeducativa reivindicam o cumprimento de acordo de reajuste salarial com o Governo de Minas Gerais firmado no ano de 2015 com o sindicato da categoria.

Na cidade, a adesão da greve é de 90% no Centro de Internação Provisória e no Centro Socioeducativo de Sete Lagoas; e de 50% no presídio municipal. A mobilização é de tempo indeterminado e as negociações estão sendo feitas entre o sindicato da categoria e o governo do estado. Apesar da grande adesão dos grevistas, os serviços mínimos estão sendo garantidos no sistema prisional, que corresponde a saúde: 30% do efetivo.

 

Sobre admin

Você pode Gostar de:

MP apontou 22 irregularidades nas contas do Governo de Pimentel em 2017

O Ministério Público de Contas de Minas Gerais apontou 22 irregularidades no balanço de contas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *