Ultimas Noticias
Página Inicial / Cidade / Servidores e população de Sete Lagoas fizeram manifestação em frente ao TRE pedindo a conclusão do processo de cassação do prefeito Leone Maciel

Servidores e população de Sete Lagoas fizeram manifestação em frente ao TRE pedindo a conclusão do processo de cassação do prefeito Leone Maciel

 Na tarde desta quinta (14), servidores e a população de Sete Lagoas fizeram uma manifestação popular em frente ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Sete Lagoas, pedindo a conclusão do processo de cassação do prefeito Leone Maciel e do seu Duílio de Castro  

Servidores municipais manifestaram em frente a Justiça Eleitoral pedindo a conclusão da cassação do prefeito de Sete Lagoas.

 

Os Servidores municipais e a população de Sete Lagoas realizaram na tarde desta quinta-feira (14), às 16 horas, em frente uma manifestação popular em frente a justiça eleitoral pedindo a conclusão do processo de cassação do prefeito Leone Maciel (MDB) e do vice Duílio de Castro (PMN) no Tribunal Regional Eleitoral.

Sete desembargadores votaram no TRE-MG no dia 19 de dezembro do ano passado onde confirmaram por 4 votos a 3, a cassação do mandato do prefeito e seu vice. No começo do mês de janeiro deste ano foi publicado o acórdão que aguarda agora o julgamento dos embargos de declaração.

  

Segundo o TRE-MG os embargos de declaração foram apresentados pela defesa dos réus, que é um recurso que visa esclarecer algum ponto na redação que não tenha ficado claro. O Tribunal Eleitoral explica que, não há data estipulada para o julgamento dos embargos e que a Corte tem vários processos a serem julgados, assim não determinando prazos na legislação. O afastamento do prefeito Leone Maciel e do vice Duílio de Castro deverá acontecer somente após o julgamento dos embargos de declaração, e que geralmente não tem efeito de modificar o resultado de um julgamento.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Gasolina vai subir 12% nas refinarias, informa Petrobras

Agência Brasil O valor do litro da gasolina vai subir, em média, 12% nas refinarias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *