Página Inicial / GERAESTV / Stanley Gusman, apresentador de afiliada do SBT é acusado de suposto racismo por fala durante o programa

Stanley Gusman, apresentador de afiliada do SBT é acusado de suposto racismo por fala durante o programa

Um comentário em tom jocoso (veja vídeo abaixo) feito por um apresentador no início da tarde desta terça-feira (09) foi interpretado como racismo e pode complicar a vida dele e da TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais. Ao conversar com um repórter, Stanley Gusman tentou zombar do Ibope e acabou falando uma frase que muita gente enxergou como suposto racismo.

“Eu sei quem é o dono do Ibope. É Montenegro, se fosse bom seria Montebranco”, comentou Gusman enquanto o repórter fazia expressão de choque no link ao vivo que aparecia no telão. A direção do programa até soltou um “epa”, trilha sonora característica desse tipo de programa policialesco quando uma frase ou situação polêmica ocorre.

“DENÚNCIA: RACISMO NO PROGRAMA ALTEROSA ALERTA. 

Em 2017, a Record foi notificada pelo Ministério Público Federal após um apresentador chamar a cantora Ludmilla de “macaca” ao vivo no “Balanço Geral”. A mesma emissora foi condenada e obrigada a exibir programas educativos sobre religiões de matriz africana, após perder uma ação judicial movida pelo Intecab e pelo @ceert motivada pela veiculação de programas que ofendiam religiões de matriz africana.”, iniciou o texto que ilustrava o vídeo.

“Vamos encaminhar um ofício para que o MPF e a Comissão de Igualdade Racial da OAB MG estejam cientes e possam tomar as devidas providências em relação ao caso. Não passarão!Com filme nacional, Tela Quente tem melhor Ibope do ano no Rio e em São Paulo”, concluiu.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

Sisu: MEC libera acesso ao resultado

O Ministério da Educação (MEC) liberou há pouco o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *