segunda-feira ,11 dezembro 2017
Página Inicial / Cidade / UTI-Neonatal do HNSG é revitalizada por meio de doações

UTI-Neonatal do HNSG é revitalizada por meio de doações

Foi reinaugurada na manhã da terça feira (2), a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neo) do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG). O espaço foi totalmente revitalizado por meio da ação do Projeto Intersetorial em Prol do Atendimento (PIPA) e de doações de diversos parceiros. Em apenas 15 dias, prazo liberado pela Vigilância Sanitária, o teto foi trocado e o salão ambientado.

 

Membros da diretoria da Irmandade participaram da reinauguração da UTI-Neonatal / Foto: Ascom INSG

 

A cerimônia teve início com a fala do presidente do Conselho de Administração da INSG, Heber Henrique Moreira, que agradeceu pelo primeiro ano de mandato e pela alegria do HNSG estar a 137 anos de portas abertas para servir. “Uma manhã como esta é que nos alegra e enche de esperança para continuar, ver pessoas realmente dispostas a amar o próximo, principalmente os mais necessitados”, disse Heber Henrique.

O pioneiro em unir forças para fazer o PIPA voar foi o Coordenador da Rede de Proteção da INSG, Adélio Araújo. Em sua fala aos presentes, Adélio expressou sua alegria e agradecimento pelo início da etapa na Pediatria. “Nós temos que arregimentar todas as forças, todos os segmentos da nossa sociedade, em prol da saúde de Sete Lagoas e da salvação de vidas”.

A coordenadora de Comunicação e Marketing da Irmandade Nossa Senhora das Graças (INSG), Barbara Cardoso, apresentou o PIPA, a atuação dele na UTI Neo e lançou a nova etapa: a reforma do setor de Pediatria. Após a apresentação e agradecimentos aos parceiros, o Capelão da Irmandade, Padre Israel, realizou uma benção na entrada da UTI Neo reinaugurando oficialmente o setor.

Reforma da UTI Neonatal

Espaço da UTI Neo-Natal foi reformada, ganhando ambientação com tema de fundo do mar / Foto: Ascom INSG

Tudo começou em setembro de 2015, quando o setor de Operações realizou uma análise de riscos e, com o resultado, solicitou a reforma e a interdição de alguns leitos por causa de goteiras. Diante da diminuição significativa de leitos em 2016, a empresa OMR Componentes Automotivos deu o primeiro passo para início da obra e doou um novo telhado para o complexo da UTI Neonatal.

 

Foi desenvolvido um projeto junto à Vigilância Sanitária (VISA) para adaptar temporariamente a UTI Neo em outro ambiente, com o objetivo de manter a assistência preservada. Uma grande mobilização foi realizada para possibilitar essa mudança do setor para um local provisório de 28 de março a 11 de abril deste ano. A utilização de mão de obra interna reduziu os custos da obra e contribuiu para a execução mais rápida.

 

A enfermeira coordenadora da UTI Neo, Lilia Borelli, tinha o sonho de preencher o ambiente frio da UTI com cores e motivos do fundo do mar, ficando mais agradável e acolhedor para os bebês e acompanhantes. Lilia pediu ajuda para a coordenadora de Comunicação e idealizadora do PIPA, Barbara Cardoso, e do setor de Operações para dar sequência ao projeto e colocar a proposta em prática.

A obra do telhado foi concluída em tempo recorde, apenas três dias, possibilitando que ainda no período autorizado pela VISA fossem realizadas as melhorias na ambientação. O salão da UTI Neo foi todo pintado com tintas doadas pela Associação das Voluntárias Senhora das Graças (AVOSG).

Para completar a ambientação, foi doado pela Gellak, JR Gráfica e Aliança Assessoria a plotagem em adesivo vinílico das ilustrações doadas pela publicitária Michelle Rocha. Agora, os bebês já estão acomodados em um espaço mais aconchegante para seus primeiros dias de vida e, em breve, receberão os polvos de crochê doados pela Nuvem Moda Baby.

Redação do GN com Ascom INSG.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

“NÃO VAMOS PAGAR PEDÁGIO” – Moradores de Pedro Leopoldo e região se revoltam em audiência pública sobre concessão da MG-424

  Moradores de Pedro Leopoldo protestaram durante a audiência pública, contra o pagamento de pedágio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *